iklan

INTERNACIONAL, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Carta de condolências de Xanana à família de Madeleine Albright

Carta de condolências de Xanana à família de Madeleine Albright

Madeleine Albright, primeira secretária de Estado dos Estados Unidos da América. Imagem do Google.

DÍLI, 24 de março de 2022 (TATOLI) – O negociador principal do Conselho para a Delimitação Definitiva das Fronteiras Marítimas, Xanana Gusmão, apresentou as suas condolências pela morte de Madeleine Albright, primeira secretária de Estado dos Estados Unidos da América.

Madeline Albright faleceu, esta quarta-feira, aos 84 anos, vítima de cancro.

Xanana Gusmão escreveu uma carta à filha de Madeleine, Alice Albright apresentando as suas condolências.

“É com grande tristeza que escrevo para apresentar as minhas sinceras condolências pela morte da vossa mãe, Madeleine Albright, que foi uma tão destemida defensora da paz e dos direitos humanos e uma defensora crítica da liberdade para o povo timorense”.

Xanana considera a morte de Madeleine Albright uma grande perda. “Sei que deve ser um momento tão difícil para si, para as suas irmãs e para a sua família. Ofereço a minha solidariedade e condolências à vossa família e ao povo americano ao recordarmos a sua extraordinária vida e a sua contribuição para a paz e liberdade globais”, salientou.

“Fui profundamente honrado pela vossa mãe em 2004 quando era Presidente do Instituto Nacional Democrático e recebi o seu Prémio Harriman Democracia. Este prémio foi um importante aval da nossa nova nação independente e ajudou a consolidar a democracia no nosso país”, recordou.

Xanana recordou que Madeleine Albright foi uma extraordinária estadista global que teve a coragem de fazer frente à opressão e à tirania em todo o mundo.

 “Todos nós refletimos sobre a sua longa lista de realizações globais, é importante que o seu papel no apoio à autodeterminação do povo timorense e ao fim da violência no nosso país seja recordado”, afirmou.

O ex-líder da resistência lembrou ainda que, enquanto o povo timorense continuava a sofrer sob uma ocupação devastadora em 1999, Madeleine Albright deslocou-se a Jacarta para se encontrar com o Presidente indonésio e exigir uma transição pacífica para Timor-Leste.

“Foi uma declaração extremamente importante tanto para a Indonésia como para o mundo. Ela também insistiu em visitar-me em Jacarta, onde eu tinha estado preso desde 1992”, recordou.

O ex-Comandante em Chefe das Forças Armadas de Libertação Nacional de Timor-Leste (FALINTIL) revelou ainda que “como líder da luta de resistência timorense, o seu encontro comigo deu um grande impulso e credibilidade à nossa causa e transmitiu uma mensagem clara aos líderes e militares indonésios de que os EUA apoiavam a paz em Timor-Leste”.

Madeleine Albright nasceu a 15 de maio de 1937.  Foi nomeada Secretária de Estado pelo presidente Bill Clinton, em 1996, tendo sido confirmada por unanimidade pelo Senado e prestado juramento a 23 de janeiro de 1997.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!