iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

SEFOPE tenciona enviar mais trabalhadores timorenses para Austrália e Coreia do Sul

SEFOPE tenciona enviar mais trabalhadores timorenses para Austrália e Coreia do Sul

Diretor Nacional do Emprego Exterior da SEFOPE, Filomeno Soares. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 16 de fevereiro de 2022 (TATOLI) – A Direção Nacional do Emprego Exterior da Secretaria de Estado para a Formação Profissional e Emprego (SEFOPE) está, neste momento, a ultimar os preparativos para o envio de trabalhadores timorenses para a Austrália e Coreia do Sul.

O Diretor Nacional do Emprego Exterior da SEFOPE, Filomeno Soares, disse que o Governo dispõe de um plano que prevê definir em concreto o número de trabalhadores a ser destacado para o estrangeiro”, afirmou aos jornalistas, no Centro de Formação de Juventude, em Becora.

Para este ano, prevê-se que o Executivo coreano receba apenas 500 trabalhadores timorenses.

Filomeno Soares, salientou que, ao contrário da vizinha Indonésia, Timor-Leste possui pouco mais de um milhão de habitantes, facto que limita o destacamento de um maior número de trabalhadores, quer para a Austrália quer para a Coreia do Sul.

De acordo com o responsável, Timor-Leste pretende, no âmbito do programa Esquema de Trabalho do Pacífico, enviar 300 trabalhadores para a Austrália. Já no que diz respeito ao Programa  Trabalhador Sazonal (SWP, em inglês), o Governo tenciona enviar 2.500 trabalhadores.

O número de trabalhadores a ser destacado para os dois países irá, como refere Filomeno Soares,  depender do pedido oficializado por cada empresa. Outro fator condicionante prende-se com o evoluir da situação epidemiológica em ambos os países.

“Ainda que a gravidade da situação da covid-19 possa levar ao encerramento de viagens, importa continuar a praparar a lista dos nomes de trabalhadores com perfil adequado para o desempenho das funções lá fora”, concluiu.

Já o Secretário de Estado para a Formação Profissional e Emprego (SEFOPE), Alarico do Rosário, revelou que 58 trabalhadores timorenses partem, esta semana, para a Coreia do Sul, 31 dos quais vão trabalhar no setor das pescas e 27 em unidade fabris.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!