iklan

POLÍTICA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Embaixador indonésio coordena-se com Jacarta na busca dos restos mortais de heróis timorenses

Embaixador indonésio coordena-se com Jacarta na busca dos restos mortais de heróis timorenses

Embaixador da Indonésia em Timor-Leste, Okto Dorinus Manik, e o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 23 de dezembro de 2021 (TATOLI) – O novo Embaixador da Indonésia em Timor-Leste, Okto Dorinus Manik, disse hoje que vai contactar o Governo central em Jacarta para receber informações sobre o processo de busca dos restos mortais dos heróis de Timor-Leste.

“O assunto será transmitido ao Governo central e não faço mais comentários. Claro que vou contactar Jacarta para procurar mais informações sobre o processo de busca dos restos mortais dos heróis timorenses”, afirmou Okto Manik, após a reunião oficial na residência do Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no Farol, em Díli.

O embaixador destacou que, embora os dois países tenham uma “história amarga”, o mais importante é “a cooperação futura para que a economia dos dois países possa progredir”.

“A nossa prioridade é o desenvolvimento económico do país. Queremos que os nossos irmãos timorenses sejam capazes de avançar economicamente, na educação, na saúde, entre outros”, acrescentou.

O diplomata informou também que, durante o encontro, discutiram uma futura cooperação nos domínios da economia, saúde e assistência técnica para o desenvolvimento de recursos humanos e questões ligadas às fronteiras terrestres.

Também o Chefe do Governo espera que Timor-Leste e a Indonésia reforcem a cooperação.

A Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Timor-Leste (MNEC), Adaljiza Magno, disse antes que o Governo estabeleceu contactos diplomáticos com a Indonésia para procurar os restos mortais dos heróis nacionais, mas não foram dadas informações detalhadas.

“Já falámos diplomaticamente sobre o assunto. Infelizmente, a Indonésia ainda não deu certezas. Portanto, continuamos a esperar”, disse a ministra.

Recorde-se que o ex-Embaixador da Indonésia em Timor-Leste, Sahat Sitorus, já tinha assumido o compromisso de ajudar o Executivo timorense na busca dos restos mortais dos heróis timorenses, um deles o ex-Presidente Nicolau Lobato.

O Presidente do Conselho dos Combatentes da Libertação Nacional (CCLN), Vidal de Jesus ‘Riak Leman’, apelou antes, por seu turno, a uma cooperação com as autoridades indonésias para que se apurasse o paradeiro dos restos mortais de, entre outros, Nicolau Lobato, David Alex ‘Daitula’ ou Mau Hudo.

O presidente recomendou ainda ao Governo timorense que mantivesse a procura dos restos de líderes nacionais. “Se o Governo da Indonésia guarda os corpos de Nicolau Lobato, Daitula, Mau Hudo, espero que um dia os entregue ao Estado timorense”, afirmou.

Notícia relevante: MNEC: “Busca dos restos mortais dos heróis timorenses depende da Indonésia”

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!