iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Execução do Fundo Covid-19 com 117,7 milhões de dólares

Execução do Fundo Covid-19 com 117,7 milhões de dólares

Amostras da covid-19. Imagem Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 06 de novembro de 2021 (TATOLI) – A taxa de execução do Fundo Covid-19, no quarto trimestre, atingiu 41%, o equivalente a 117,7 milhões de dólares americanos.

“A taxa de execução atual, incluindo compromissos e obrigações, até ao início de novembro, atingiu os 48% do total do orçamento de 287,6 milhões”, refere o documento a que a Tatoli teve acesso.

No comunicado lê-se que a execução da categoria de transferências públicas subiu para 32 milhões de dólares, o equivalente a 42% do total do orçamento alocado de 76,2 milhões de dólares americanos, e a de bens e serviços conta com 82,9 milhões de dólares, ou seja, 42% da verba total de 198,6 milhões de dólares.

A taxa de execução da categoria de capital menor foi de e a de capital de desenvolvimento atingiu apenas 19%, o equivalente a 1,5 milhões de dólares do orçamento alocado de 8,1 milhões de dólares.

Segundo o documento, a execução real das medidas socioeconómicas apresenta o seguinte progresso: a moratória de crédito está executada a 100% da verba alocada, no valor de 2 milhões de dólares, o pagamento ao programa Cesta Básica apresenta uma execução de 94%, relativa a um total de 63,9 milhões de dólares americanos, e o auxílio ao emprego regista uma execução de 22,6 milhões de dólares, do total de 45,3 milhões.

“Já foram executados 5,6 milhões de dólares, o equivalente a 40% do orçamento total de 14 milhões de dólares, referentes ao pagamento de propinas de alunos universitários privados e públicos. A execução do orçamento para a mitigação e prevenção da covid-19 e do financiamento para as atividades operacionais do Centro Integrado de Gestão e Crise (CIGC) já atingiu 17,1 milhões de dólares, ou seja, 12% do orçamento total de 83,2 milhões”, refere a nota.

De acordo com o comunicado, o pagamento do suplemento remuneratório aos trabalhadores da linha da frente regista uma execução de 6,2 milhões de dólares, o equivalente a 12% do orçamento total de 51,9 milhões.

“O auxílio de segurança alimentar atingiu apenas 103.908 de dólares, ou seja, 1% do orçamento total de 12 milhões”, frisou.

De acordo com a projeção, a taxa de execução do Fundo Covid-19, até ao fim de dezembro, atingirá 66%.

Recorde-se que o Presidente da República promulgou, no passado mês de maio, o Orçamento Geral do Estado (OGE) Retificativo de 2021. A promulgação do OGE levou à mudança da dotação orçamental, que atribuía ao Fundo Covid-19 um montante inicial de 31 milhões de dólares, reforçando-o com 256,6 milhões, para um total de 287,6 milhões.

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editor: Rafy Belo

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!