iklan

HEADLINE, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Órgãos de comunicação social têm de fazer uma cobertura equilibrada do ciclo de eleições

Órgãos de comunicação social têm de fazer uma cobertura equilibrada do ciclo de eleições

Presidente do Conselho de Imprensa de Timor-Leste, Virgílio Guterres. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DILI, 21 de outubro de 2021 (TATOLI) – O Conselho de Imprensa de Timor-Leste pediu a todos os jornalistas que divulgassem de forma equilibrada as informações  sobre o ciclo das eleições presidenciais do próximo ano e das parlamentares em 2023.

“Os órgãos de comunicação social têm de divulgar informações com qualidade e equilíbrio. Sabemos que os partidos políticos pretendem argumentar uns com os outros”, afirmou hoje o Presidente do Conselho de Imprensa de Timor-Leste, Virgílio Guterres, à Tatoli, no Centro Cultural da Indonésia, em Díli.

O responsável referiu ainda que a presença da imprensa visa neutralizar a situação e divulgar informações educativas ao público.

O Conselho de Imprensa prestará atenção à Rádio e Televisão de Timor-Leste e à Agência Tatoli, pois são as instituições do Estado.

O presidente salientou também que os outros meios de comunicação social devem participar, pois as informações que divulgaram durante períodos eleitorais anteriores contribuíram para o desenvolvimento da democracia no país.

Virgílio Guterres garantiu que a sua instituição elaborará, juntamente com o Secretariado Técnico da Administração Eleitoral e a Comissão Nacional de Eleições, um guia com um código de ética para o processo de reportagem durante a campanha e as eleições. “O guia é atualizado anualmente”, disse.

O presidente garantiu que vai negociar com estas duas instituições para que possam permitir aos jornalistas votarem nos centros onde desempenharão as suas funções.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!