iklan

INTERNACIONAL, DÍLI, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Pandemia impede negociações de delimitação das fronteiras terrestres entre Timor-Leste e Indonésia

Pandemia impede negociações de delimitação das fronteiras terrestres entre Timor-Leste e Indonésia

Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Julião da Silva.

DÍLI, 08 de outubro de 2021 (TATOLI) – O Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Julião da Silva, disse que a discussão sobre a delimitação das fronteiras terrestres entre Timor-Leste e Indonésia ainda não foi retomada devido à covid-19.

“Dada a situação da pandemia da covid-19, não retomamos ainda as negociações sobre a delimitação das fronteiras”, afirmou hoje Julião da Silva, no Palácio Presidencial, em Aitarak Laran, à margem da cerimónia de tomada de posse dos embaixadores timorenses que exercerão funções no estrangeiro.

O governante informou ainda que a retoma desta discussão depende da situação epidemiológica da Indonésia.

É de lembrar que, entre os dois países, ainda há dois segmentos que necessitam de ser resolvidos nas fronteiras terrestres, nomeadamente em Oé-Cusse, nas zonas de Bidjael Sunan-Oben e NoelBesi Citrana.

Noelbesi Citrana é a área fronteiriça entre Kupang e Ambeno (Oé-Cusse). Já Bidjael Sunan-Oben faz  fronteira entre Timor Tengah Utara e Oé-Cusse, com uma área de 142,7 hectares.

Recorde-se que, em 2019, em Jacarta, a equipa de negociação das fronteiras de Timor-Leste, liderada por Xanana Gusmão, se reuniu com o ex-Ministro Coordenador dos Assuntos Políticos e da Justiça da Indonésia, Wiranto, e a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Retno Marsudi. Na altura, foi assinada uma nota de princípio de aceitação para finalizar a delimitação das fronteiras terrestres.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!