iklan

INTERNACIONAL, DÍLI, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Lú Olo dá hoje posse a cinco novos embaixadores

Lú Olo dá hoje posse a cinco novos embaixadores

Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo. Imagem Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 08 de outubro de 2021 (TATOLI) – O Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, deu hoje posse, no Palácio Presidencial, a cinco novos embaixadores de Timor-Leste, que iniciam as suas missões na Tailândia, Bélgica, Indonésia, Moçambique e Malásia.

Juvêncio de Jesus Martins é o novo diplomata na Tailândia, Jorge Trindade Neves de Camões é o novo embaixador na Bélgica, Filomeno Aleixo da Cruz foi destacado para a Indonésia, Francisco Miranda Branco para Moçambique e Veneranda Amaral é a nova representante do país na Malásia.

Lú Olo pediu aos empossados que mantivessem a promoção, o estabelecimento e o desenvolvimento de relações de amizade e cooperação entre os Estados, de acordo com o artigo 6.º da Constituição da RDTL.

“As nomeações de Vossas Excelências representam a confiança do Presidente da República e do Governo. Acreditamos que, sob a orientação do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, vão explorar oportunidades nos respetivos países para o benefício do nosso povo e país”, disse o Presidente da República, no seu discurso na cerimónia de tomada de posse.

O Chefe de Estado acrescentou que a ação diplomática desenvolvida pelos embaixadores designados nos países de destino deve corresponder às necessidades internas do país.

“O Governo investe na diplomacia uma fatia razoável do Orçamento Geral de Estado. E é óbvio que exija dos seus executantes – os diplomatas, com relevo para os embaixadores – o cumprimento cabal das suas missões”, revelou.

O Chefe de Estado desejou também êxito a todos os diplomatas.

“Contem com o Presidente da República e desejo-vos sucesso nas altas funções para as quais acabam de ser investidos”, disse.

Juvêncio de Jesus Martins, diplomata de carreira, foi embaixador residente na Malásia e acreditado para o Vietname e Mianmar. Mais tarde, foi embaixador residente nas Filipinas. Exerceu funções diplomáticas na Indonésia. Desempenhou importantes funções no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Antes da restauração da independência, foi adjunto do Secretariado do Conselho Nacional da Resistência Timorense, a plataforma dos independentistas do nosso país.

Jorge Trindade Neves de Camões, também com carreira diplomática, foi um dos três jovens diplomatas destacados para Jacarta, Indonésia, após o referendo de 1999. Desempenhou várias funções no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação e nos serviços periféricos externos.

Foi também embaixador no Vietname, por quatro anos. E é um bom conhecedor dos assuntos da ASEAN.

Filomeno Aleixo da Cruz foi embaixador no Japão entre 2016 e 2019. Desempenhou, também, o cargo de Vice-Ministro da Administração Estatal dos I e II Governos.

Francisco Miranda Branco ingressou nas atividades políticas muito jovem, logo após a revolução dos cravos em Portugal, em 1974. Completou os estudos no Liceu Dr. Francisco Machado, em regime noturno. Começou a trabalhar como funcionário público nos então Serviços de Planeamento Económico e Estatística, na Província Ultramarina de Timor.

A Embaixadora Veneranda Amaral teve uma ação de destaque no campo da educação, demonstrando grande empenho na implementação de projetos que permitiram o alargamento das relações entre o nosso país e o Japão, no âmbito do Centro Cultural Timor-Leste e Japão.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!