iklan

INTERNACIONAL, DÍLI, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Cinco embaixadas comprometem-se a apoiar preparativos de Timor-Leste para adesão a ASEAN

Cinco embaixadas comprometem-se a apoiar preparativos de Timor-Leste para adesão a ASEAN

Imagem da TATOLI/Egas Cristovão

DÍLI, 09 de agosto de 2021 (TATOLI) – Cinco embaixadas de países membros da ASEAN com sede em Díli (Indonésia, Malásia, Filipinas, Brunei Darussalam e Tailândia) comprometeram-se a dar assistência na preparação do processo de adesão de Timor-Leste à Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN, em inglês).

“As embaixadas dos estados membros da ASEAN em Díli irão ajudar Timor-Leste nos seus preparativos para aderir a esta comunidade. Reafirmamos o nosso compromisso em prestar assistência para a capacitação e encorajamos a participação de acordo com as diretrizes das atividades da ASEAN. Acreditamos que Timor-Leste terá um papel importante nesta associação  e na região”, disse hoje o embaixador da Indonésia, Sahat Sitorus, no âmbito da comemoração do 54º aniversário da ASEAN, na embaixada da Indonésia, no Farol.

Sahat Sitorus revelou que “a ASEAN está empenhada em auxiliar Timor-Leste na capacitação, de acordo com as diretrizes para a participação do país nas atividades da associação delineadas pelo grupo de trabalho do conselho de coordenação da ASEAN sobre a solicitação de adesão de Timor-Leste”.

No âmbito da preparação da adesão à ASEAN, foram realizadas com sucesso três reuniões de cada um dos pilares da associação com o Governo de Timor-Leste, desde setembro de 2019. A primeira reunião teve como objetivo preparar a visita da missão de averiguação de factos de segurança política; a segunda, em formato virtual, serviu para discutir o pilar sociocultural; a terceira, também virtual, realizou-se entre peritos de assuntos económicos da região do Sudeste Asiático e ministros da economia da ASEAN.

Também a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Adalzija Magno recordou que o sonho de Timor-Leste de se tornar membro da ASEAN já existe desde 1975, altura em que o país proclamou a sua independência, mas ainda não se concretizou.

“Atualmente, estamos a preparar o envio da inscrição. Esperamos que o processo seja concluído e tenhamos preenchido os requisitos para, um dia, podermos ser um membro da ASEAN”, disse a ministra.

Relativamente aos requisitos que Timor-Leste deve cumprir, a ministra explicou que estão por resolver apenas algumas questões económicas, nomeadamente no pilar da economia da ASEAN.

“São três pilares: o sociocultural, o de segurança e política e o da economia. Neste último existem muitos requisitos, porque ainda temos problemas económicos, entre outros”, acrescentou.

A ministra adiantou que o processo de adesão de Timor-Leste inclui uma visita da equipa de averiguação de factos da ASEAN a Díli para realizar uma avaliação abrangente, que foi adiada devido à pandemia da covid-19.

A ASEAN é um bloco económico composto por Brunei Darussalam, Camboja, Singapura, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Tailândia e Vietname, além dos países observadores Papua-Nova Guiné e Timor-Leste.

Criada a 08 de agosto de 1967, este grupo tem como objetivo o desenvolvimento socioeconómico da região, a manutenção da estabilidade política, a promoção da paz, a realização de projetos de agricultura e no setor industrial e de investimentos na educação, não interferindo nos assuntos internos de cada país-membro.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!