iklan

EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS DE HOJE

Mais de 2.500 professores que concluíram bacharelato iniciam estágio pedagógico

Mais de 2.500 professores que concluíram bacharelato iniciam estágio pedagógico

Imagem Tatoli/Egas Cristóvão.

DÍLI, 22 de julho de 2021 (TATOLI) – O Instituto Nacional de Formação de Docentes e Profissionais de Educação de Timor-Leste (INFORDEPE) deu início ao estágio pedagógico de 2.595 professores do curso de bacharelato da Educação e Formação de Professores do 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico.

O Ministro da Educação, Juventude e Desporto, Armindo Maia, lembrou que os estagiários fizeram formação teórica durante mais de três anos em todos os municípios.

“Hoje é a cerimónia de abertura do estágio destinado a 2.595 formandos. Estes já frequentaram a formação de professores durante três anos e meio. Começou hoje o estágio com uma duração de três meses”, disse o governante, à margem da cerimónia de abertura do estágio profissional, no INFORDEPE, em Balide, Díli.

Já o Presidente do INFORDEPE, Manuel Gomes, recordou que o curso teve início em março de 2018 e os estudantes que finalizaram o último semestre tiveram de fazer 31 unidades curriculares, o que corresponde a 180 créditos.

“Os estudantes têm a obrigatoriedade de realizar o estágio pedagógico. Esta será a última etapa do seu percurso académico. Os 2.595 alunos serão destacados a nível nacional e Região Administrativa Especial de Oé-Cusse e Ambeno”, avançou.

Segundo o dirigente, os estágios decorrerão às sextas-feiras e sábados e as 64 turmas contarão com o apoio de 70 formadores, entre os quais 62 do INFORDEPE e oito da UNTL.

“Este curso de bacharelato é destinado aos professores das escolas do ensino básico e secundário. Tem como objetivo reforçar o perfil de competências docentes e o uso de recursos didáticos disponíveis assim como as metodologias e estratégias de ensino para uma aprendizagem participativa, dinâmica estimulante, eficaz e centrada no aluno e desenvolvimento de competências profissionais”, sublinhou.

Manuel Gomes destacou igualmente a importância do estágio profissional para a partilha de ideias e experiências juntos dos estudantes.

Já o formando Sancho Moniz lembrou a elaboração de planos de aula durante o período de estágio profissional.

“Temos de elaborar um plano de aula que siga o currículo nacional, antes de fazermos o estágio profissional para que possamos melhorar os nossos conhecimentos e atingir os objetivos”, concluiu.

Notícia relevante: INFORDEPE forma até 800 professores por ano

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

 

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!