iklan

INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo sul-coreano disponibiliza mais vagas de trabalho para timorenses

Governo sul-coreano disponibiliza mais vagas de trabalho para timorenses

Embaixador sul-coreano em Timor-Leste, Kim Jeong-Ho.

DÍLI, 07 de abril de 2021 (TATOLI)- O Embaixador sul-coreano em Timor-Leste, Kim Jeong-Ho, revelou que o seu país disponibiliza mais vagas de trabalho na Coreia do Sul para cidadãos timorenses, depois de sido forçado a suspender a abertura de novas devido ao confinamento obrigatório imposto no país para fazer face ao novo coronavírus.

“O Governo sul-coreano decidiu dar mais uma oportunidade de trabalho a novos trabalhadores timorenses depois de ter tomado a decisão de suspender a abertura de vagas no ano passado devido à crise pandémica da covid-19”, disse Kim Jeong-Ho, esta quarta-feira (07/04), numa nota de imprensa a que a TATOLI teve acesso.

Recorde-se que, durante o período de confinamento obrigatório imposto na Coreia do Sul, o país manteve apenas os trabalhadores timorenses que se encontram já destacados, tendo recentemente acolhido outros 49 cidadãos provenientes de Timor-Leste.

A embaixada sul-coreana em Díli juntamente com o Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC) de Timor-Leste e a Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE) envidaram já todos os seus esforços diplomáticos na tentativa de convencerem a Coreia do Sul a aceitar novos trabalhadores timorenses.

“Agradecemos ao Governo timorense a atenção dada ao programa de Serviços de Emprego (ESS, sigla em inglês). Aguardamos que esta boa nova sirva de consolo para o povo timorense depois das inundações no domingo passado”, afirmou o diplomata sul-coreano.

Segundo a nota de imprensa, o representante do Desenvolvimento de Recursos Humanos sul coreano em Timor-Leste coordenar-se-á, em breve, com a SEFOPE para definir os detalhes sobre a admissão de novos empregados timorenses.

Já o Diretor Nacional do Emprego no Exterior da SEFOPE, Filomeno Soares, destacou que foram já admitidos 460 novos trabalhadores regulares que aguardam a viagem que os levará até à Coreia do Sul.

O diretor lembrou ainda que, no período entre 2009 e 2020, trabalharam naquele país perto de 3.700 cidadãos timorenses em diferentes setores, designadamente nos das pescas e agricultura.

Jornalista: Natalino da Costa

Editora: Júlia Chatarina  

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!