iklan

INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

OMS e UNICEF esperam chegada em breve do primeiro lote de vacinas da AstraZeneca

OMS e UNICEF esperam chegada em breve do primeiro lote de vacinas da AstraZeneca

Representante da OMS, Arvind Mathur. Imagem TATOLI/Egas Cristovão.

DÍLI, 24 de março de 2021 (TATOLI) – O Representante da Organização Mundial de Saúde (OMS), Arvind Mathur, disse que esta organização e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês) informarão em breve o Governo e toda a população sobre a chegada a Timor-Leste das primeiras 33.600 doses da vacina da AstraZeneca.

Arvind Mathur afirmou ainda que a chegada da vacina contra a covid-19 depende da gestão logística, a cargo da UNICEF. O responsável referiu também que este organismo efetuará o transporte da vacina assim que estiver disponível.

“Devido ao elevado número de encomendas, a AstraZeneca ainda não confirmou a data de chegada da vacina. Esperamos que seja em breve. A UNICEF partilhará esta informação assim que a tiver”, disse hoje Arvind Mathur à Tatoli, em Caicoli.

A OMS e as entidades relevantes envidam todos os esforços para que a vacina chegue atempadamente para iniciar a vacinação a 07 de abril. No entanto, esta dependerá das condições de expedição. “Esperamos que o envio seja possível rapidamente e possamos começar no Dia Mundial de Saúde”, afirmou.

No que toca ao financiamento de 20% da quantidade total de doses da vacina, Arvind Mathur disse estar já confirmado através do mecanismo COVAX. Mais de 30 mil doses chegarão agora e as restantes faseadamente.

Recorde-se que a COVAX se compromete a financiar em 20% a aquisição de vacinas com um custo de sete milhões de dólares americanos, o que equivale a cerca de 263 mil doses. A vacina que será fornecida pela COVAX tem alguns critérios, como a aprovação da OMS ou Lista de Uso de Emergência da (EUL) e preparação do sistema do país para a receber e distribuir.

Os 20% de vacinas terão como alvo os grupos prioritários, entre eles os profissionais da linha da frente, a população com mais de 65 anos e os que sofrem de doenças coronárias, diabetes, tuberculose, hipertensão, cancro e asma bem como os que estão em risco de contágio.

 A aquisição dos restantes 80% das vacinas compete ao Executivo timorense, que deverá desembolsar cerca de 15 milhões de dólares americanos.

Notícia relevante: Governo aprova Plano Nacional de Vacinação contra covid-19

O Governo da Austrália assumiu o compromisso de apoiar financeiramente Timor-Leste na aquisição destes 80%, o equivalente a cerca de 18,6 milhões de dólares americanos (24 milhões de dólares australianos).

Parte desta verba foi já usada no início do ano nos processos de distribuição, monitorização e divulgação de informação sobre a vacina da COVAX. A Austrália pretende ainda disponibilizar, em julho deste ano, 3,8 milhões de dólares americanos (cinco milhões de dólares australianos) com vista a reforçar o processo de distribuição e monitorização da vacina a ser administrada em Timor-Leste.

Notícia relevante: Austrália apoia TL com 18,6 milhões de dólares americanos para aquisição da vacina contra covid-19

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!