iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, INTERNACIONAL, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Cem jovens timorenses frequentarão formação sobre gestão ambiental

Cem jovens timorenses frequentarão formação sobre gestão ambiental

Cem jovens timorenses frequentarão uma formação sobre gestão de recursos naturais e horticultura no Centro Nacional de Emprego e Formação Profissional (CNEFP) de Tíbar. Imagem/Conservation International.

DÍLI, 03 de fevereiro de 2021 (TATOLI)Cem jovens timorenses frequentarão uma formação sobre gestão de recursos naturais e horticultura no Centro Nacional de Emprego e Formação Profissional (CNEFP) de Tíbar.

O objetivo da formação é melhorar o conhecimento e experiência dos participantes nas referidas áreas, através de aulas teóricas e práticas, além de dar conhecer a estes jovens a importância dos recursos naturais.

“Pretendemos desenvolver as suas capacidades de gestão dos recursos naturais, fortalecendo também o seu compromisso de estarem alerta em relação à degradação dos terrenos”, diz o Diretor Residente da Conservação Internacional em Timor-Leste, Manuel Mendes, no comunicado de imprensa a que a TATOLI teve acesso, nesta terça-feira.

A atividade, cujo apoio financeiro é do Fundo Global para o Meio Ambiente, é promovida pela Conservação Internacional e o CNEFP, em colaboração com a Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEOPE) e o Instituto Nacional do Desenvolvimento de Mão de Obra.

“A iniciativa visa motivar os jovens a envolverem-se diretamente na gestão dos recursos ambientais timorenses. Encorajamos os jovens a terem contacto direto com o ambiente e sensibilidade para manter a sua qualidade e sustentabilidade a partir de agora”, afirmou.

Segundo o documento, a primeira fase do programa será iniciada no CNEFP de Tíbar com jovens oriundos dos sucos de Fahilebo, Leorema, Lihu e Ulmera, enquanto a segunda será oferecida aos formandos vindos dos sucos de Uacala, Baricafa, Larisula, Bahatata, Irabin de Cima e Cainliu.

“Esta iniciativa tem muitas vantagens, pois os jovens são o futuro deste país e serão eles a continuarem a liderar a gestão de um ambiente sustentável em Timor-Leste. Esperamos que possam futuramente partilhar os conhecimentos obtidos com outros membros da sua comunidade, influenciando-os a cuidar do ambiente”, disse.

Já o Vice-Ministro da Agricultura e Pescas, Abílio Xavier Araújo, reconheceu que Timor-Leste ainda está com falta de recursos humanos na área de gestão de meios naturais, destacando assim a importância desta formação.

O Secretário de Estado da Formação Profissional e Emprego, Alarico Rosário, mostrou-se, por sua vez, comprometido em manter um apoio total ao CNEFP para que sejam oferecidas formações aos jovens timorenses, principalmente na gestão ambiental, de modo a que possam garantir e proteger o ambiente e as riquezas naturais em solo timorense.

Jornalista: Florêncio Miranda Ximenes

Editora: Júlia Chatarina

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!