iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Demétrio Amaral: TL precisa de avaliar capacidade de prevenção de desastres naturais

Demétrio Amaral: TL precisa de avaliar capacidade de prevenção de desastres naturais

Secretário de Estado do Ambiente, Demétrio do Carvalho de Amaral.


DÍLI, 07 de outubro de 2020 (TATOLI)- O Secretário de Estado do Ambiente (SEA), Demétrio Amaral, disse que a comemoração do Dia Internacional para a Redução de Risco de Desastres tem uma enorme importância para consciencializar o Governo, a sociedade civil e todas as entidades relevantes para a necessidade de serem criadas medidas concretas de prevenção face à ocorrência de desastres naturais, como inundações, cheias e sismos em grande escala.

Para Demétrio Amaral, para garantir as medidas de prevenção, Timor-Leste deverá efetuar uma avaliação que incida sobre as suas reais capacidades de resposta a eventuais desastres naturais. Lembrou, no entanto, que neste momento Timor-Leste está ainda distante dos padrões internacionais em relação à preparação para fazer face ao risco de desastres.

“Como exemplo, alguns dos nosso edifícios, como supermercados não seguem os padrões internacionais, originando colapsos”, disse Demétrio Amaral, hoje, na sua intervenção, no âmbito da cerimónia de comemoração do Dia Internacional para a  Redução de Risco de Desastres, em Comoro, Díli.

O Secretário de Estado do Ambiente recordou ainda que Timor-Leste fica situado próximo da zona geográfica influenciada pelas pressões vindas do sul e da zona asiática, o que origina duas estações do ano – a estação seca e a da chuva –  o que causa inúmeras inundações.

O governante salientou, de igual modo, que é necessário definir uma estratégia política nacional com vista à redução do risco de desastres, adotando medidas concretas que visam dar uma resposta cabal.

“Teve já início a preparação de um planeamento integrado que visa desenvolver o conceito e o papel que desempenha o ambiente, procurando capitalizar fundos para conseguir mitigar a ocorrência de possíveis desastres naturais no futuro”,  afirmou.

Segundo a agenda relativa à comemoração do Dia Internacional para a Redução de Risco de Desastres, amanhã, quinta-feira (08/10/2020), vão ser plantados simbolicamente mangues em Ulmera, Liquiçá, enquanto no dia seguinte terá lugar uma marcha saudável, onde serão distribuídas  flores pelo Palácio do Governo.

Jornalista: Nelson de Sousa

Edito: Francisco Simões

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!