iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, POLÍTICA, JUSTIÇA, DÍLI, LEI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

CAC investiga 44 casos de corrupção entre janeiro e setembro

CAC investiga 44 casos de corrupção entre janeiro e setembro

DÍLI, 07 de outubro de 2020 (TATOLI) – O Comissário Anticorrupção, Sérgio Hornai, disse que a Comissão Anti-Corrupção (CAC) procedeu já à atualização da base de dados relativos aos crimes de corrupção, tendo sido apurados, entre janeiro e setembro deste ano, 44 casos de corrupção.

Sérgio Hornai lembrou, entretanto, que  no ano de 2019 foram registados 17 casos pendentes, sendo que quatro deles são alvo de investigação por parte da CAC.

“Quero informar o Presidente do Tribunal de Recurso que, desde o início de janeiro, a comissão investigou um total de 44 casos que envolvem crimes de corrupção. É certo que não pode ser divulgada informação substancial, apenas informação genérica ao Presidente do Tribunal de Recurso”, referiu o Comissário da CAC, na página do Facebook da CAC a que a Tatoli teve acesso.

Segundo o relatório final, o número de casos pendentes registados em 2019 sofreu um ligeiro aumento com a delegação de competências, em 2020, no Ministério Público.

É ainda mencionado no documento que, entre janeiro e setembro, a CAC procedeu à investigação de um total de 393 pessoas, 352 testemunhos e 41 suspeitos.

Após findar o processo de investigação criminal, a comissão encaminhará a participação para o Ministério Público e procuradores com o objetivo de o Tribunal dar início ao julgamento.

Também o comissário-adjunto da CAC, Luís de Oliveira Sampaio, considera que a publicação com a base de dados relativos ao número de casos de corrupção na página do Facebook da CAC foi clara e adequada.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!