iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, POLÍTICA, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo timorense aprova medidas para recuperação económica

Governo timorense aprova medidas para recuperação económica

Reunião do Conselho de Ministros. Imagem Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 12 de agosto de 2020 (TATOLI) – O Governo timorense aprovou hoje o Plano de Recuperação Económica com um leque de medidas que visam recuperar a economia no pós-covid-19, distribuídas por áreas e setores prioritários de intervenção, como agricultura, turismo, habitação e capital humano, onde se integram a educação, saúde, proteção social e reforma institucional.

Segundo o Ministro da Presidência do Conselho de Ministros (PCM), Fidélis Magalhães, as medidas hoje aprovadas foram apresentadas, na semana passada, pela Comissão para a Elaboração do Plano de Recuperação Económica.

“As medidas previstas no seu documento apresentam recomendações ao Governo. O Executivo avaliou e o Conselho de Ministros decidiu hoje aprovar as recomendações anteriormente apresentadas”, disse Fidélis Magalhães, no Palácio do Governo.

Recorde-se que o Governo efetuou, a 3 de agosto, uma análise preliminar das medidas propostas pela Comissão de Recuperação Económica, no terceiro retiro do VIII Governo Constitucional.

Depois da tomada de posse, o Presidente da Comissão, Rui Gomes, efetuou uma apresentação preliminar sobre o diagnóstico referente à situação nacional e às medidas de médio e longo prazo para minimizar os impactos da covid-19 e lançar as bases para, numa primeira fase, fomentar a recuperação económica e, numa segunda, favorecer o crescimento económico.

“As pessoas são o centro do Plano de Recuperação Económica e, por isso, pretende-se colocá-las no processo de desenvolvimento”, disse Rui Gomes.

Durante a apresentação, Rui Gomes deu a conhecer aos membros do Governo os dados relativos à conjuntura internacional, ao contexto de Timor-Leste e ao impacto do novo coronavírus a nível nacional.

O Plano de Recuperação Económica apresenta mais de 60 medidas distribuídas por múltiplas áreas e setores prioritários de intervenção. Os princípios e objetivos destas medidas destinam-se ao rebalanceamento entre os gastos em capital físico e humano através do aumento dos recursos dedicados à melhoria do capital humano, apoio ao desenvolvimento, e consolidação do setor privado, com destaque para a criação das condições que orientam o desenvolvimento económico, social, criação de novos empregos, entre outros.

O Plano foi proposto pela Comissão de Recuperação Económica, que iniciou funções a 18 de junho de 2020, com a missão de recomendar ao Conselho de Ministros as medidas a aprovar e as ações a executar para a recuperação da economia do país, definindo as prioridades de investimento e, ao mesmo tempo, garantindo o maior consenso possível da sociedade, em torno das principais áreas de investimento.

Notícia relevante: Governo analisa medidas propostas pela Comissão de Recuperação Económica

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!