iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

MESSC sugere a UNTL duas modalidades para pagamento de propinas dos estudantes 

MESSC sugere a UNTL duas modalidades para pagamento de propinas dos estudantes 

Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura, Longuinhos dos Santos. Imagem/Egas Cristovão.

DÍLI, 06 de agosto de 2020 (2020) – O Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC), Longuinhos dos Santos, sugeriu à Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL) duas modalidades para pagamento das propinas interrompidas durante o estado de emergência, imposto pelo Estado face ao surto do novo coronavírus.

“Escrevi uma carta a anunciar a decisão de continuar a efetuar o pagamento de propinas em duas modalidades. Na primeira, os estudantes devem pagar cinco dólares americanos por mês até dezembro. Quanto à segunda, não pagam propinas até acabarem os seus estudos. Logo, só o farão depois de receberem o diploma”, disse o governante, em Aitarak-Laran, Díli.

O ministro lembrou ainda que os alunos da UNTL pagam por semestre 30 dólares americanos, sublinhando que esta universidade tem autonomia financeira e administrativa, pelo que poderão realizar o pagamento faseadamente.

“Com esta situação [da covid-19], entre julho e dezembro, os estudantes poderão optar por pagar as propinas de forma faseada no valor de cinco dólares americanos até dezembro próximo, perfazendo no total 30 dólares”, afirmou.

Questionado sobre a opção no modelo de pagamento, o governante afirmou que depende da gestão da UNTL.

“A modalidade a ser posta em prática é da competência da UNTL através da decisão do magnífico reitor”, referiu.

Recorde-se que os estudantes da UNTL realizaram recentemente uma conferência de imprensa a exigirem à reitoria o cancelamento do pagamento de propinas, no valor de 30 dólares americanos, durante a implementação do estado de emergência.

Os estudantes provenientes de oito instituições universitárias que integram a Aliança de Universidades de Timor-Leste (AUTL) fizeram, a 17 de julho, um apelo ao Governo que fosse igualmente atribuído o subsídio aos estudantes universitários no país para o pagamento de propinas relativo ao período do estado de emergência.

Notícia relevante: Universitários exigem um subsídio a Governo

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!