iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, ECONOMIA, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

MAP coordena-se com PNUD para compra de produtos agrícolas

MAP coordena-se com PNUD para compra de produtos agrícolas

Mercado de Manleuana. Imagem/António Gonçalves.

DÍLI, 09 de julho de 2020 (TATOLI) – O Ministério da Agricultura e Pescas (MAP) pretende coordenar-se com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no processo de aquisição de produtos agrícolas para os agricultores financiado pelo Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD), no valor de um milhão de dólares americanos, para responder às necessidades da população afetada pela covid-19.

A Diretora-Geral da Agricultura do MAP, Maria Odete do Céu Guterres, revelou que o ministério pretende dar a conhecer ao PNUD os mecanismos de compra dos bens agrícolas.

“Como é que podemos adquirir os produtos aos agricultores? Existe já um mecanismo criado pelo Ministério da Agricultura através da criação da Loja dos Agricultores bem como da associação dos produtores alimentares. O mecanismo adotado será igualmente aproveitado pelo PNUD que, em colaboração estreita com o ministério, dará a conhecer os locais propícios à produção agrícola e respetiva compra”, disse Maria Odete, em Aitarak-Laran, Díli.

Segundo a diretora-geral, a política tem como objetivo garantir a sustentabilidade alimentar e o acesso ao mercado por parte dos agricultores.

Questionado sobre a aquisição dos alimentos, a responsável da agricultura lembrou que, segundo a perspetiva do MAP, o país vive atualmente um período da colheita de produtos agrícolas, pelo que sugere que seja efetuada a sua aquisição.

Maria Odete acrescentou que a aquisição dos produtos em causa terá como destino a população mais vulnerável dos municípios de Baucau, Bobonaro, Covalima, Díli e Oé-Cusse.

“Os alimentos a serem distribuídos são ricos em hidratos de carbono, proteínas e vitaminas. Entregámos já uma lista de compras [ao PNUD] para que seja então efetuada a recolha dos alimentos”, afirmou.

O Governo de Timor-Leste em representação do Ministro das Finanças, Fernando Hanjam, e José Pereira do BAD assinaram hoje um acordo que prevê a disponibilização de um financiamento de um milhão de dólares americanos para apoiar o país através do Fundo de Resposta a Desastres da Ásia-Pacífico. O acordo prevê que a verba seja utilizada para a compra de produtos a agricultores nacionais e na sua distribuição às famílias mais vulneráveis.

O programa de aquisição de alimentos no valor de um milhão de dólares americanos será levado a cabo pelo PNUD e MAP com a duração de seis meses, entre julho e dezembro deste ano.

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!