iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, ECONOMIA, DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo timorense já executou 6,7 milhões de dólares do Fundo Covid-19

Governo timorense já executou 6,7 milhões de dólares do Fundo Covid-19

DÍLI, 27 de maio de 2020 (TATOLI) – O Coordenador do Serviço de Administração e Finanças do Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC), Dionísio Santos, disse que foram já executados, até 20 de maio deste ano, 6,7 milhões de dólares do Fundo Covid-19, que tem como objetivo financiar todas as despesas relacionadas com a prevenção e o combate ao novo coronavírus.

“Depois de o Parlamento Nacional ter aprovado o orçamento previsto para o combate à covid-19, o Governo conseguiu executar 451 mil dólares. Este montante, juntamente com o Fundo da Reserva de Contingência e o Fundo Covid-19, ascende aos 6,7 milhões de dólares. Este número poderá atingir os 6,8 milhões de dólares”, afirmou Dionísio Santos, no âmbito do debate de pedido de autorização do Presidente da República, Francisco Guterres ‘Lú Olo’, para estender o estado de emergência por mais 30 dias.

O responsável lembrou ainda que, antes de o Fundo Covid-19 ter sido aprovado, o Executivo acedeu ao Fundo de Contingência para permitir ao Ministério da Saúde avançar com medidas de prevenção na luta contra o novo coronavírus. Gastou no total 6,2 milhões de dólares, sendo que 5,7 milhões de dólares se destinaram à aquisição de equipamentos para os profissionais de saúde, através do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês), e os restantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Dionísio Santos referiu igualmente que o Governo já adquiriu diversos equipamentos junto da UNICEF, enquanto aguarda o material oferecido pelo PNUD, que se prevê que chegue no final deste mês.

O responsável sublinhou igualmente que o orçamento gasto se baseou nos programas definidos e nos objetivos gerais publicados.

Recorde-se também que o Parlamento Nacional aprovou, no passado dia 2 de abril, o Decreto do Parlamento Nacional n.º 14/V, que prevê a autorização de uma realização de transferência extraordinária do Fundo Petrolífero, no montante de 250 milhões de dólares que foi, posteriormente promulgado pelo Presidente da República a 6 de abril.

Do orçamento aprovado, 150 milhões de dólares destinam-se ao Fundo Covid-19 e os restantes visam reforçar a Conta Geral do Tesouro. Foram ainda entregues 500 mil dólares americanos ao Parlamento Nacional.

Jornalista : Antónia Gusmão
Editora : Júlia Chatarina

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!