iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Timor-Leste e Austrália assinam acordo de 4.6 milhões de dólares para apoio a 150 sucos

Timor-Leste e Austrália assinam acordo de 4.6 milhões de dólares para apoio a 150 sucos

Timor-Leste e Austrália assinam acordo de 4.6 milhões de dólares para apoio a 150 sucos. Imagem/Media MF.

DÍLI, 26 de maio de 2020 (TATOLI) – Os Governos de Timor-Leste e da Austrália assinaram hoje um acordo para a contribuição financeira australiana no valor de 4.6 milhões de dólares americanos que permite apoiar o Programa Nacional de Desenvolvimento dos Sucos (PNDS).

A Ministra das Finanças, Sara Lobo Brites, afirmou que o acordo tem como objetivo ajudar a resiliência comunitária bem como auxiliar a recuperação económica de Timor-Leste durante a crise sanitária provocada pela covid-19.

“A verba concedida vai diretamente para a conta bancária do PNDS para se simplificar e reduzir dos processos administrativos. Beneficiarão deste programa 150 sucos”, disse Sara Lobo em declarações aos jornalistas, no Ministério das Finanças, em Díli.

Segundo a governante, o apoio concedido pelos australianos tem como finalidades a construção de infraestruturas básicas, como sistemas de irrigação, rede de água e saneamento nas escolas e centros clínicos, e a segurança alimentar.

“O apoio financeiro direto trará um impacto significativo e abrangente para que as famílias residentes em todo o território possam fazer face aos efeitos da covid-19”, afirmou.

Sara Lobo salientou ainda que o programa em causa constitui um forte compromisso entre os Executivos de Timor-Leste e da Austrália.

“Todos nós estamos orgulhosos, porque se trata de um parceiro de desenvolvimento”, referiu.

Também o Embaixador da Austrália em Timor-Leste, Peter Roberts, destacou a relevância do programa PNDS do Executivo timorense.

O diplomata acrescentou que o PNDS visa ajudar a comunidade na construção de infraestruturas básicas de qualidade com custo reduzido, como os sistemas de saneamento e de irrigação e centros clínicos.

“Tornámo-nos bons parceiros ao longo do tempo com vista a reforçar o desenvolvimento do país. No próximo ano, celebraremos uma década de cooperação deste programa estatal”, recordou.

Recorde-se que, além da questão da economia, a Austrália tem também contribuído significativamente para o combate ao novo coronavírus em Timor-Leste.

“Reconhecemos que precisamos de desenvolver a resiliência comunitária para recuperar a economia. Estamos satisfeitos por assinar o novo acordo que prevê uma contribuição financeira direta no valor de 7 milhões de dólares australianos [4.6 milhões de dólares americanos], verba esta que se destina a auxiliar a comunidade através do PNDS”, concluiu.

Jornalista : Nélia Fernandes

Editora : Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!