iklan

ECONOMIA

Pelican Paradise inicia construção de um novo hotel de cinco estrelas em Timor-Leste

Pelican Paradise inicia construção de um novo hotel de cinco estrelas em Timor-Leste

Diretor-Executivo do Grupo Pelican Paradise, Lda., Jeremiah Chan.

DÍLI, 28 de fevereiro de 2020 (TATOLI) – O Grupo Pelican Paradise efetuou hoje o lançamento da primeira fase de construção de um complexo hoteleiro em Tasi-Tolu , o Pelican Paradise, onde se incluem um hotel de cinco estrelas, apartamentos e 287 residências, infraestruturas orçadas em cerca de 100 milhões de dólares.

“Encontrámo-nos já com o Primeiro Ministro, Taur Matan Ruak. Nesta reunião, o chefe do Governo pediu que não se perdesse mais tempo [e se avançasse] com o investimento. Pretendemos, por isso, iniciar a primeira fase de construção, que incidirá na construção de apartamentos, um hotel de cinco estrelas e 287 moradias”, disse Jeremiah Chan, Diretor-Executivo do Grupo Pelican Paradise, Lda.

Jeremiah Chan referiu ainda que a companhia efetuará a construção do complexo de forma faseada na área de Tasi-Tolu devido ao facto de estar ocupada por moradores. Mostrou-se, como tal, esperançado de que o Governo possa pôr fim ao problema da ocupação do terreno por parte da população e se avance para a segunda fase de construção da obra.

“Deverá ser construído um hotel de cinco estrelas, mas os ocupantes teimam em lá viver. Se aguardarmos que o Governo tente resolver o problema, quando é que iniciaremos o investimento?”, afirmou.

O diretor acrescentou que a primeira fase de construção, que abrangerá uma área com 16 hectares, necessitará de cerca de 300 trabalhadores, estando a conclusão da obra prevista para 2024.

Recorde-se que a proposta de investimento por parte da companhia Pelican Paradise tinha sido, em 2008, apresentada ao Governo timorense, liderado pelo então Primeiro-Ministro Kay Rala Xanana Gusmão. O pedido foi aprovado através da Resolução do Governo n.º 33/2015 relativa à autorização da obra.

A Pelican Paradise estima que a obra cubra um total de 558 hectares, na zona entre Tíbar e Tasi-Tolu, e custe cerca de 700 milhões de dólares.

Farão parte do complexo unidades de hotelaria, lotes para residências, campos de golfe, centro de desenvolvimento para jovens, uma escola internacional, um centro hospitalar e centros comerciais.

A nova construção contará com 1500 trabalhadores durante a construção e cerca de 1300 postos de trabalho permanentes após o projeto atingir os 80%.

Jornalista: Florencio Miranda Ximenes
Editora: Julia Chatarina

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!