iklan

INTERNACIONAL, EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS DE HOJE

PN aprova voto de congratulação por deliberação da UNESCO do Dia Mundial da Língua Portuguesa

PN aprova voto de congratulação por deliberação da UNESCO do Dia Mundial da Língua Portuguesa

DÍLI, 10 de fevereiro de 2020 (TATOLI) – O Parlamento Nacional timorense aprovou, nesta segunda-feira, por unanimidade, um voto de congratulação pela deliberação da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, em inglês) que estabelece o Dia Mundial da Língua Portuguesa.

O Presidente do Parlamento Nacional, Arão Noé de Jesus da Costa Amaral, disse que o voto de congratulação se deve ao facto de a UNESCO ter elegido o dia 5 de maio como o Dia Mundial da Língua Portuguesa.

“O voto de congratulação foi aprovado por unanimidade”, declarou Arão Noé, na sessão plenária.

Já o proponente do voto de congratulação, Francisco Miranda Branco, deputado da bancada FRETILIN, recordou que o português é uma das línguas oficiais timorenses, a par do tétum. Salientou, por isso, que a decisão tomada pela UNESCO, na sua 40.ª Conferência Geral, a 25 de novembro de 2019, em Paris, constitui um enorme orgulho para o Estado timorense.

“Pretendo recordar ainda que, em 2009, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) tinha fixado o dia 5 de maio como o Dia da Língua Portuguesa na CPLP, sendo, por isso, que Timor-Leste tem o dever de felicitar [a UNESCO] por esta decisão”, afirmou o deputado.

Também a deputada do CNRT Maria Fernanda Lay disse que, “enquanto parlamentar timorense”, apoia plenamente a deliberação da UNESCO.

“Timor é um dos países que define o português como a sua língua nacional. Para mim, a internacionalização do idioma será uma vantagem para o nosso país, pois podemos já intervir com esta língua em encontros internacionais, caso não saibamos falar inglês. É um orgulho para o Estado fazer também parte da CPLP”, concluiu a deputada.

Recorde-se que a ratificação do Dia Mundial da Língua Portuguesa, que ocorreu a 25 de novembro do ano passado, se deveu à proposta dos países lusófonos apresentada à Organização das Nações Unidas (ONU), que contou com o apoio de toda a CPLP e outros 24 países. É a única língua não oficial da UNESCO que tem um dia mundial.

Jornalista   : Evaristo Soares Martins

Editor         : Xisto Freitas

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!