iklan

NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Deputados do CNRT, PLP e FRETILIN discordam de eleições antecipadas

Deputados do CNRT, PLP e FRETILIN discordam de  eleições antecipadas

DÍLI, 23 de outubro de 2019 (TATOLI)—Os deputados das bancadas parlamentares do Congresso Nacional da Reconstrução de Timor (CNRT), o Partido de Libertação Popular (PLP) e a Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (FRETILIN) discordam da realização de mais eleições antecipadas.

“Já temos experiência em relação às eleições antecipadas. Mas consideramos que isto foi apenas uma declaração pessoal do Primeiro-Ministro,” disse o chefe da bancada do CNRT, Duarte Nunes, no recinto do Parlamento Nacional, nesta quarta-feira.

Duarte Nunes afirmou ainda que o Conselho Diretivo da Aliança Mudança ao Progresso ainda não abordou a questão das eleições antecipadas.

O chefe da bancada do CNRT declarou que esta força política não substitui os sete  indigitados para o Governo, mantendo-os até o fim do mandato do Oitavo Governo Constitucional.

Já Sabino Soares ‘Guntur’, deputado do PLP, argumentou que atualmente o Oitavo do Governo Constitucional funciona bem.

“Se o Parlamento funcionar de forma sólida, as eleições antecipadas não acontecerão. O Presidente da República não tem competências para declarar eleições antecipadas. Tem de ter condições que as justifiquem”, explicou.

Sabino Guntur insistiu na solidez do Parlamento Nacional, razão pela qual não acredita na realização de eleições antecipadas.

O deputado considera ainda que a declaração do Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, mostra a preocupação com o facto de o impasse político se arrastar há algum tempo.

Segundo Sabino, apesar de o Governo ser formado pelos partidos CNRT, PLP e KHUNTO, a realização de eventuais eleições antecipadas implicaria uma discussão entre as três forças políticas.

“Se o bloco da AMP se divorciar no Parlamento Nacional, está-se a abrir caminho para o Presidente da República declarar eleições antecipadas. Neste momento, a AMP está sólida”, afirmou.

Também o Vice-Presidente da Bancada Parlamentar da FRETILIN, Francisco Miranda Branco, considera que não é necessário realizar as eleições antecipadas.

Branco disse que o gestor do Governo tem capacidade para resolver o problema e também é preciso analisar o impacto para a vida do povo.

“Não é fácil decretar eleições antecipadas. O povo pode sentir que, ‘embora os tenhamos escolhido, não resolveram os nossos problemas’. Vocês não conseguiram ultrapassar tanto a política, a economia e [questões] sociais. Isto é incapacidade do nosso líderes”, argumentou.

Jornalista: Evaristo Soares Martins

Editor        : Xisto Freitas

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!