Governo justifica confinamento obrigatório em Díli