iklan

INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo fretará voo para repatriar 72 cidadãos timorenses de Israel

Governo fretará voo para repatriar 72 cidadãos timorenses de Israel

Estudantes timorenses residentes em Israel. Imagem do facebook Mendonca.

DÍLI, 08 de janeiro de 2021 (TATOLI) – O Governo de Timor-Leste pretende fretar um voo para repatriar, no início do mês de fevereiro, 72 cidadãos timorenses residentes em Israel.

O Diretor Nacional dos Assuntos Consulares e das Comunidades Timorenses do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), Hermínio da Silva Pinto, disse que o MNEC e Ministério da Agricultura e Pescas (MAP) estão a diligenciar no sentido de poderem fretar um voo de repatriamento dos cidadãos timorenses em Israel. No voo de regresso, está prevista uma escala na Malásia, local onde embarcarão seis estudantes residentes na Tailândia e 16 provenientes de Cuba e de outros países, além da transladação de dois corpos vindos do Reino Unido.

“Se todo o processo correr conforme o previsto, no início do próximo mês podemos repatriar os nossos cidadãos timorenses”, afirmou hoje o diretor à Tatoli.

Segundo o Diretor Nacional, o Executivo fretará um voo direto para repatriar jovens timorenses em Israel e efetuar uma escala na Malásia a fim de transportar cidadãos timorenses oriundos de Cuba e da Tailândia, no caso de haver ligações aéreas entre os países de origem.

“Procuramos atualmente meios para podermos dar assistência aos nossos cidadãos e, assim, facilitarmos o seu regresso”, referiu.

Recorde-se que o Ministro da Agricultura e Pescas (MAP), Pedro Reis, tinha antes afirmado que o seu ministério juntamente com o MNEC e o Ministério das Finanças (MF) estavam a envidar todos os esforços para garantir o repatriamento dos estudantes timorenses de Israel.

“A Ministra do MNEC enviou já uma missiva ao embaixador de Timor-Leste em Singapura no sentido de comunicar ao adido timorense em Israel a importância de se encontrar uma solução que agilize o processo de repatriamento dos estudantes timorenses”, referiu recentemente Pedro Reis, no Parlamento Nacional.

Os 72 estudantes timorenses residentes em Israel viram agora terminados os seus estudos na área da agricultura e pretendem regressar a Timor-Leste.

Notícia relevante: Parlamento Nacional pede a MNEC que repatrie 72 formandos timorenses de Israel

No que toca aos cidadãos timorenses residente na Indonésia, Hermínio Pinto afirmou que cerca de 47 timorenses pretendem regressar ao país.

“Os cidadãos timorenses vindos da Indonésia estão atualmente no consulado timorense em Atambua. Estamos a coordenar-nos com o Centro Integrado de Gestão de Crises de modo a procurarmos uma forma de poderem entrar no nosso país”, concluiu.

Notícia relevante: MAP e MNEC empenhados no repatriamento de 72 estudantes de Israel

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!