iklan

POLÍTICA, NOTÍCIAS DE HOJE

KHUNTO realiza segundo congresso nacional

KHUNTO realiza segundo congresso nacional

DÍLI, 06 de março de 2020 (TATOLI) – O Kmanek Haburas Nasionál Timor Oan (KHUNTO) realizou hoje o segundo congresso nacional para definir a missão e visão e alterar os estatutos do partido com o intuito de tomar várias decisões estratégicas, nomeadamente proceder à eleição dos dirigentes nacionais para o período de 2020-2024.

O segundo congresso nacional sob o tema Parceria para Estabilidade, Desenvolvimento e Unidade Nacional “Florescer e Viver” decorre entre os dias 6 e 8 de março.

O Presidente da Comissão Organizadora, Marito Magno, disse que o congresso conta com a presença de 839 participantes oriundos dos 13 municípios.

“Este congresso baseia-se na discussão dos estatutos do partido. Os delegados vão discutir os seus pensamentos, conhecimentos e suas capacidades. Peço, por isso, a todos os congressistas que atuem com disciplina e seriedade durante o congresso”, afirmou Marito Magno, no Centro de Convenções de Díli.

O Conselheiro máximo do KHUNTO, José dos Santos Naimori Bucar, disse ainda que o congresso visa efetuar a reestruturação dos membros do partido.

“Este congresso tem como objetivo preparar os alicerces para 2023. Participamos na política para implementar medidas adequadas e conseguir a unidade, não só entre todos os líderes do partido como com outros. Temos esperança de que o partido possa um dia obter um grande resultado. Devido à nossa sabedoria, poderemos levar o KHUNTO ao sucesso”, referiu.

Naimori Bucar pediu ainda aos militantes do KHUNTO que mostrassem astúcia e responsabilidade para que um dia o povo possa depositar confiança neles.

“KHUNTO está pronto para assegurar a estabilidade do país e todos têm de contribuir”, disse.

Também o Presidente do Parlamento Nacional timorense, Arão Noé, afirmou, na abertura do congresso, que o KHUNTO é um partido que participa na governação e contribui para a construção do Estado.

“O KHUNTO deve responder às dificuldades que o país enfrenta”, afirmou.

Arão Noé disse ainda aos congressistas que, “na política não há inimigos, mas adversários”, tendo todos os partidos como objetivo alcançar o bem-estar da população.

Participaram no congresso, entre outros, o Presidente do Parlamento Nacional, Arão Noé, o Prémio Nobel da Paz, José Ramos Horta, o Secretário-Geral da FRETILIN, Mari Alkatiri, o Presidente do Partido Democrático, Mariano “Assanami Sabino”, o Secretário-Geral do CNRT, o deputado indonésio Krisdayanti e representantes dos partidos PUDD, Frente de Mudança e UDT.

Jornalista : Nelia Fernandes

Editora : Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!