iklan

ECONOMIA

Discutido apoio dos parceiros internacionais após a adesão de Timor-Leste à OMC

Discutido apoio dos parceiros internacionais após a adesão de Timor-Leste à OMC

Discutido apoio dos parceiros internacionais após a adesão de Timor-Leste à OMC. Foto da Tatoli/Francisco Sony

DÍLI, 26 de janeiro de 2024 (TATOLI) – A equipa do secretariado da adesão de Timor-Leste à Organização Mundial do Comércio (OMC) encontra-se atualmente em Díli para discutir com o Governo timorense e com os parceiros internacionais o apoio destes últimos após a adesão do país àquela organização.

O Ministro do Comércio e Indústria, Filipus Nino Pereira, afirmou que na reunião os parceiros de desenvolvimento manifestaram interesse em continuar a apoiar o executivo timorense, quando o país aderir formalmente à OMC.

“Os nossos parceiros confirmaram a vontade de continuar a prestar assistência técnica a Timor-Leste, especialmente na formação de recursos humanos timorenses em termos de condução de negociações, resolução de disputas comerciais e direito comercial internacional, a fim de reforçar a nossa posição como país membro da OMC”, informou o governante à margem da reunião que teve lugar no Centro de Convenções de Díli.

Filipus Nino Pereira sublinhou ainda a importância da adesão de Timor-Leste à OMC, uma vez que permite ao setor privado timorense aceder aos mercados globais, já que a organização conta atualmente com 164 países membros.

Já a Embaixadora de Portugal, Manuela Bairos, assinalou que a adesão de Timor-Leste à OMC será um “resultado fenomenal” muito importante para a afirmação do país no sistema multilateral. No rescaldo do encontro, a diplomata referiu que Timor-Leste confirmou mais uma vez estar institucional e tecnicamente preparado para grandes desafios internacionais.

“O trabalho que agora se começa é um trabalho de pós-adesão, é um trabalho de adaptação de muitas leis e de regulamentos que é necessário ser feito para que Timor-Leste cumpra as condições do comércio e das trocas internacionais. Neste contexto, Portugal, tal como outros parceiros que aqui estiveram, está preparado para colaborar com Timor-Leste em áreas que já são tradicionais da nossa cooperação ou em outras que Timor-Leste considere que Portugal seja uma mais-valia”, concluiu.

Notícia relacionada: Aprovado pacote de adesão de Timor-Leste à OMC

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!