iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Testemunho de ex-fumador revela importância do Centro de Reabilitação de Fumadores no abandono do vício

Testemunho de ex-fumador revela importância do Centro de Reabilitação de Fumadores no abandono do vício

Gaspar da Silva, um artista timorense.

DÍLI, 02 de junho de 2023 (TATOLI) – No âmbito do Dia Mundial Sem Tabaco, que se celebra anualmente a 31 de maio, Gaspar da Silva, um artista timorense de 48 anos, contou como conseguiu deixar de fumar com o apoio do Centro de Reabilitação de Fumadores (CRF) de Díli.

Gaspar da Silva foi um dos convidados para participar num diálogo público, organizado pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde, sobre os malefícios do tabaco.

Notícia relacionada: Ministério da Saúde e OMS destacam importância de um país livre de tabagismo

“Comecei a fumar em 1992 e, confesso, cheguei a fumar mais de dois maços de cigarros por dia. Em 2022, decidi que iria parar de o fazer por questões de saúde”, contou Gaspar da Silva, no Bairro Formosa, Díli.

Orgulhosamente o artista revelou que desde dezembro do ano passado não fuma, acrescentando que só o conseguiu “com muita persistência e força de vontade e com a assistência inestimável recebida nas múltiplas consultas no Centro de Reabilitação de Fumadores”.

Gaspar da Silva explicou que para combater o vício teve diversas consultas periódicas e recebeu medicamentos de cessação tabágica para o ajudar a resistir ao vício. Para o artista o esforço compensou, pois, disse,  “desde que deixei de fumar, sinto-me bem mais saudável. Além da saúde, o impacto positivo estendeu-se à minha profissão, até a minha voz melhorou”.

Segundo informação disponibilizada pelo responsável do CRF, Eldino Rangel, o centro tem disponível um medicamento indicado para o alívio dos sintomas de privação da nicotina, o Nicotex, em formato de pastilha elástica e em formato de adesivo.

Desde a sua inauguração, o CRF recebeu 1.216 fumadores, sendo que 757 daqueles fumavam mais de um maço por dia. Segundo Eldino Rangel, “908 pessoas deixaram de fumar e 123 encontram-se ainda em tratamento”.

 Notícia relevante: Centro de Reabilitação de Fumadores realça progressos na luta contra tabagismo

A 31 de maio, assinala-se o Dia Mundial sem Tabaco uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde visando chamar a atenção para os malefícios e riscos para a saúde que o tabaco provoca. A organização estima que, anualmente, mais de 8 milhões de pessoas morrem, das quais mais de 7 milhões são fumadores ativos e cerca de 1,2 milhões são fumadores passivos. No caso de Timor-Leste, dados da Organização Mundial de Saúde indicam uma prevalência de mais de 48% de fumadores, incluindo o tabaco de mastigação (areca) essencialmente por mulheres.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!