iklan

ECONOMIA, EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Exposição pretende mostrar dinamismo de Centros de Formação

Exposição pretende mostrar dinamismo de Centros de Formação

Diretora do INDMO, Isabel Fernandes de Lima. Fotografia da Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 24 de fevereiro de 2023 (TATOLI) – Uma exposição no centro comercial Timor Plaza, organizada pela Australia Pacific Training Coalition (APTC), pretende espelhar o dinamismo dos Centros de Formação de Díli, Baucau e Covalima, evidenciando uma mostra das 11 atividades que aqueles centros empreenderam.

As 11 atividades repartem-se pela hospitalidade, pelo turismo, pela agricultura e pela construção civil, algumas das áreas, mas não todas, a que estes centros normalmente se dedicam.

A Secretária da Embaixada da Austrália em Timor-Leste, Penny Roberts, informou que as atividades dos centros de formação incidem nas necessidades do mercado de trabalho nacional e internacional e, nesta senda, estabelecem contactos regulares com potenciais empregadores.

“Convidamos empregadores de hotelaria e de restauração para virem observar uma mostra das atividades dos nossos centros de formação, na qual são visíveis os conhecimentos e competências dos formandos”, afirmou Penny Roberts.

Segundo a adjunta, é importante investir em competências profissionais para fortalecer a economia do país e criar oportunidades de trabalho para os timorenses, acrescentando, a este propósito, que a Embaixada da Austrália se tem comprometido a apoiar os centros em causa, através da APCT.

Por sua vez, a Diretora do Instituto Nacional de Mão-de-Obra (INDIMO), Isabel Fernandes de Lima, pediu a todos os diretores dos centros de formações que disponibilizassem formação visando competências específicas orientadas para as necessidades do mercado de trabalho.

Notícia relacionada: INDMO realiza conferência internacional para discutir questões dos centros de formação

“Os centros de formação recebem certificados de acreditação institucional e programas, por isso, as formações facultadas estão adequadas a responderem às necessidades do mercado de trabalho”, disse a diretora.

Atente-se que o INDIMO já atribuiu certificados de acreditação a 36 centros de formação no país. Este instituto afirma porfiar o seu esforço na produção de recursos humanos com qualidade, direcionado para as necessidades laborais do mercado interno e externo e sob uma ótica de modernização tecnológica permanente.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!