iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SEGURANÇA

Cidadãos queixam-se de violência na capital e apelam a atuação da PNTL

Cidadãos queixam-se de violência na capital e apelam a atuação da PNTL

O negociante João Manecas observa que a violência atrapalha os negócios, pois sente medo de trabalhar à noite/Fotografia/David Cabral.

DÍLI, 18 de janeiro de 2023 (TATOLI) – Cidadãos timorenses estão preocupados com os recentes episódios de violência que aconteceram na capital.  Pelo que apuramos, muitos estão com medo, na sequência de um homicídio e na tentativa de outro, há duas semanas, em Díli.

No caso de homicídio, que ocorreu a 06 de janeiro, um grupo desconhecido matou o jovem Isac Sinarai da Costa, em Elemloi, e, no caso da tentativa, a vítima foi outro rapaz, Damásio Correia, em Bidau a 07 de janeiro.

Pessoas entrevistadas referiram que estão descontentes e que se sentem inseguras e, por isso, pedem à Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) que intensifique a segurança na capital.

“Enquanto negociante no Largo de Lecidere, tenho medo da violência na capital. Esta situação afeta o meu negócio, porque não posso vender à noite. Peço aos nossos jovens para não se matarem uns aos outros. Temos famílias para sustentar”, desabafou o negociante João Manecas.

Estudante da UNTL destaca que a violência afeta a liberdade de circulação das pessoas. Fotografia/ David Cabral.

Uma estudante do Departamento de Língua Portuguesa da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), Silvania Estela Sarmento, disse que os atos criminosos afetam a liberdade de circulação das pessoas. “Ficamos com medo de ir a certos lugares ou de sair em determinados horários. Isso é muito mau. Até quando?”, lamentou.

José Mouzinho pede que a PNTL reforce a segurança no período noturno e em lugares estratégicos. Fotografia/ David Cabral.

Já o jovem José Mouzinho Serra, do suco de Bebonuk, apelou aos agentes da polícia para fazerem operações em lugares onde os crimes acontecem com mais frequência. “Peço à PNTL que garanta a segurança, sobretudo à noite”, afirmou.

A Comandante da PNTL do Município de Díli, Superintendente-Chefe Natércia Martins, informou que se vai reunir com o Comandante-Geral da PNTL para discutir medidas a serem adotadas. Natércia acrescentou que a PNTL pretende organizar operações conjuntas para reforçar a segurança em Díli.

A polícia ainda não capturou o autor do homicídio de Isac Sinarai da Costa, mas já identificou 23 suspeitos e ainda está a investigar.  A PNTL de Díli deteve um suspeito pela tentativa de homicídio em Bidau.

Equipa da TATOLI

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!