iklan

INTERNACIONAL, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Dia Mundial da Visão: conseguir acesso universal a cuidados médicos oftalmológicos é uma meta

Dia Mundial da Visão: conseguir acesso universal a cuidados médicos oftalmológicos é uma meta

Imagem do Google.

DÍLI, 13 de outubro 2022 (TATOLI) – Para marcar a celebração do Dia Mundial da Visão, a Organização Mundial de Saúde (OMS) está a fazer um apelo a todos os países do Sudoeste Asiático para que acelerem esforços para assegurar que todos e em todo o lado tenham cuidados equitativos, integrais de alta qualidade para cuidados oftalmológicos.

Tal desejo decorre dos princípios do Plano Regional e Integrado de Ação Para os Cuidados da Visão 2022-2030.

Globalmente, pelo menos 2,2 mil milhões de pessoas têm cegueira ou uma visão deficiente. Pelo menos mil milhões de casos de visão deficiente poderiam ser prevenidos ou remediados. Quase 30% dos cegos e das pessoas com visão deficiente no mundo  vivem no Sudoeste Asiático.

Poonam Singh, Diretora Regional da OMS para o Sudoeste Asiático informou que a má visão afeta pessoas de todas as idades, “no entanto, crianças e idosos são os mais vulneráveis. Mulheres, populações rurais e minorias étnicas são os grupos mais prováveis de desenvolver deficiências visuais e, simultaneamente, os que menos acesso têm a tratamentos”.

A Diretora Regional da OMS acrescentou ainda que “em 2020, o custo global estimado das consequências da existência de cegos e amblíopes (cegueira parcial ou moderada) foi na ordem dos 411 mil milhões de dólares. O número de pessoas com presbiopia – cegueira a curta distância – irá aumentar, de 1,8 mil milhões em 2015 para 2,1 mil milhões em 2030”.

“Apesar de haver um grande leque de desafios, a região [do Sudoeste Asiático] continua a fazer grandes progressos na direção de uma cobertura universal para os cuidados com a visão. Muitos países eliminaram o problema do tracoma como um problema de saúde pública, em linha com as prioridades da região em eliminar doenças tropicais negligenciadas”, especificou Poonam Singh na sua mensagem de celebração do Dia Mundial da Visão, para aumentar a consciencialização para a importância da visão na qualidade de vida.

“O Butão, a Índia, as Maldivas e a Tailândia integraram num programa piloto da OMS, o Serviço de Acesso aos Cuidados dos Olhos, que visava incluir programas de cuidados oftalmológicos nos cuidados de saúde primários, secundários e terciários”.

Poonam Singh ainda detalhou que, na região do Sudoeste Asiático, as novas orientações da OMS para reforçar o diagnóstico e o tratamento das retinopatias diabéticas – um grande problema oftalmológico – continuam a ser implementadas, fazendo com que aquela região avance na prevenção e tratamento de doenças dos olhos. Desde 2016 que o Grupo Técnico Aconselhador da prevenção da cegueira forneceu orientações técnicas fundamentais a todos os Estados-Membros, seguindo as orientações da OMS.

“Para acelerar este programa, os Estados-membros estão agora a implementar um novo Plano Regional e Integrado de Ação centrado nos problemas de visão das pessoas, entre 2022 e 2030, um programa unanimemente adotado na 75.ª sessão do Comité para a região do Sudoeste Asiático, realizada em setembro de 2022”.

A Diretora Regional da OMS priorizou os cuidados a implementar no tratamento dos problemas de visão: “primeiro, integrar melhor os cuidados de visão em cuidados de saúde primários pré-existentes, com um cuidado especial para o problema das cataratas e dos erros refrativos de visão não corrigidos. Segundo, fortalece equipas oftalmológicas, com uma ênfase na capacidade das equipas médicas para trabalhar junto com assistentes sociais que estão em contato com indivíduos ou comunidades com problemas de visão.

“Em terceiro lugar, aumentar o acesso a aparelhos oftalmológicos e novas tecnologias que cuidem, de uma forma integrada os problemas da visão. Tal seria feito no âmbito do guia “Cuidados de Visão nos Sistemas de Saúde: um Guia para a Ação”, lançado em maio de 2022. E, em quarto lugar, reduzir os orçamentos não declarados (out-of-poket) para tratamentos de problemas da visão, incluindo um apoio à compra de óculos, que deviam ser comercializados com um preço acessível a todos os que precisem deles”.

Globalmente, os Estados-Membros da OMS adotaram duas grandes metas nos cuidados oftalmológicos até 2030: primeiro, um aumento de 40% no tratamento de erros refrativos de visão e, segundo, um aumento de 30% na cobertura de cirurgias para as cataratas. Além daquelas metas globais, a região do Sudoeste Asiático da OMS quer eliminar o tracoma até 2025 e assegurar que pelo menos 80% da população a quem foi diagnosticada a retinopatia diabética, seja tratada até 2030.

“Não há um momento a perder. No Dia Mundial da Visão, a OMS reitera o seu compromisso em apoiar todos os Estados-Membros, parceiros e comunidades a adaptar e implementar o Plano Regional de Ação para acelerar o diagnóstico e tratamento de doenças negligenciadas dos olhos. Todos juntos podemos atingir uma cobertura universal de cuidados oftalmológicos, para um Sudeste Asiático mais saudável, equitativo e sustentável”, concluiu a Diretora Regional da OMS.

Jornalista: Filomeno Martins/Tradutor: Afonso do Rosário

Editora: Nelia Borges

iklan
iklan

One Comment

  1. Dia mundial da visao!

    Eu, do Boavista, natural do Olhao
    Vejo tambem atraves do coracao
    Envio um ganda abracao
    A todo o pequeno e grandalhao
    A todo animal e passarao
    A laranja e o limao
    A todos do Matogrosso e do Maranhao
    A quem passa fome e ao Ze Comilao
    E porque nao
    Ao Ze Gusmao
    A Jaquina e ao Sebastiao
    Ao Luis e ao Tristao
    No dia mundial da visao!

    Carlos Batista (poeta com visao)

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!