iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo providencia segurança de trabalhadores timorenses antes da partida para Qatar

Governo providencia segurança de trabalhadores timorenses antes da partida para Qatar

Ministro Coordenador dos Assuntos Económicos (MCAE), Joaquim Amaral. Imagem/Francisco Sony.

DÍLI, 10 de março de 2022 (TATOLI) – O Governo de Timor-Leste vai abordar os Executivos do Qatar e dos Emirados Árabes Unidos (EAU) para garantir a segurança dos trabalhadores, realçou o Ministro Coordenador dos Assuntos Económicos (MCAE), Joaquim Amaral.

Esta questão surge a propósito do envio de trabalhadores timorenses para o Qatar, através das empresas Cammer PC, do Incanto Group e da Jobs Global do Qatar.

“Este acordo, ao contrário do habitual, não se realizou através da Secretaria de Estado da Formação e Profissionais e Emprego (SEFOPE). O Governo continua a monitorizar o processo para garantir a segurança dos trabalhadores”, disse Joaquim Amaral, no Palácio do Governo.

O ministro sublinhou que o Executivo timorense apoia a iniciativa do setor privado em cooperação com parceiros estrangeiros, no entanto, salienta que as regras e os preparativos devem ser do conhecimento do Governo.

Já o Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), Julião da Silva, solicitou ao MCAE a formalização de um acordo com o Governo dos EAU para garantir a segurança dos trabalhadores timorenses.

“Enviámos uma carta ao MCAE para levar a cabo a assinatura de um acordo entre os dois países. Queremos que os trabalhadores sejam recrutados, mas estamos preocupados com o tráfico humano, por isso a garantia de segurança é fundamental”, acrescentou.

Recorde-se que o Coordenador-Geral da Autoridade Nacional da Expo Dubai em Timor-Leste (ANED-TL), Manuel Vong, tinha antes revelado que a empresa Jobs Global recrutaria dois mil trabalhadores timorenses para o Dubai e o Qatar.

“A Agência de viagens Cammer PC, do Incanto Group, em cooperação com a Jobs Global vai recrutar jovens timorenses para trabalharem no Dubai e no Qatar”, disse o responsável à Tatoli, no seu escritório, no Campo Alor, Díli.

De acordo com Manuel Vong, esta cooperação deve-se aos quatro pontos de venda de Timor-Leste, na Expo Dubai 2020, nas áreas do turismo e hotelaria, da agricultura e pescas, da conetividade, logística e transporte, do petróleo e gás e minerais.

Também o representante da agência de viagens Cammer PC, Joanico Jerónimo, disse que já se assinou um acordo com a Jobs Global para enviar trabalhadores sazonais timorenses para o Qatar e Dubai, durante dois anos.

“Recrutamos, na primeira fase, 300 pessoas para trabalharem no aeroporto, em hotéis e em outros setores prioritários”, informou.

Por sua vez, o diretor da Cammer PC, Rui Pires, pediu ao Chefe do Governo ajuda no tratamento dos documentos para que a agência possa acelerar o processo das viagens.

Esta agência já organizou, desde a sua criação em 2020, as viagens de quatro mil trabalhadores timorenses para a Inglaterra e a Irlanda.

Notícia relevante:

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!