iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Arcebispo de Díli defende qualidade do ensino da UCT

Arcebispo de Díli defende qualidade do ensino da UCT

Arcebispo de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, e o ex-Presidente da República, Ramos Horta.

DÍLI, 14 de dezembro de 2021 (TATOLI) – O Arcebispo de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, defendeu a qualidade do ensino da Universidade Católica Timorense (UCT) de São João Paulo II.

Segundo o sacerdote, abrir uma universidade “não é novidade, pois já existem muitas, a novidade está na diferença de qualidade do ensino”.

“Este é um sonho de todos os bispos, que pretendem criar uma universidade diferente. Não estamos à procura de uma grande quantidade de alunos, mas sim de qualidade de ensino”, afirmou o arcebispo, à margem da tomada de posse dos 31 membros do Conselho Universitário da UCT, em Balide, Díli.

Dom Virgílio apela ao reitor e aos docentes para que façam uma seleção rigorosa dos novos estudantes.

“O estatuto da universidade prevê um período pré-universitário de seis meses”, disse.

Também o Reitor da UCT, o Padre Joel Casimiro Pinto, referiu a importância de formar universitários com qualidade.

“Segundo a declaração do arcebispo, não estamos à procura de muitos candidatos, tentamos, antes, oferecer qualidade através de testes e critérios de seleção”, sublinhou.

Mais de 30 membros do Conselho Universitário da UCT empossados

O Arcebispo de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, deu  posse aos 31 novos membros do Conselho Universitário da UCT de São João Paulo II.

“Nomeámos, na semana passada, o reitor e a sua equipa. Hoje, foi realizada a cerimónia de tomada de posse desta equipa, composta pelo reitor, decanos e conselheiros universitários”, afirmou.

Segundo o arcebispo, depois de empossado, o conselho começará a discutir o recrutamento de novos docentes e a preparar as inscrições.

Também o Reitor, o Padre Joel Casimiro Pinto, destacou a necessidade de criar um Conselho Universitário para aprovar os programas ou planos estratégicos desta instituição de ensino superior.

“A UCT de São João Paulo II inicia hoje a sua atividade”, disse.

De acordo com o reitor, o Conselho Universitário discutiu, hoje, o plano de inscrição de novos estudantes para o próximo ano.

“Iniciaremos com 11 departamentos e contaremos também com os dois existentes no Instituto de Ciências Religiosas (ICR)”, acrescentou.

Recorde-se que o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, e o Arcebispo de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, inauguraram, no passado dia 08 de dezembro, a UCT de São João Paulo II, localizada em Balide, Díli.

As inscrições começarão, segundo o reitor, em fevereiro de 2022 e os alunos terão de frequentar um pré-semestre, fase em que estudarão português e inglês.

As turmas deverão ter entre 30 e 50 estudantes e a universidade conta provisoriamente com 50 professores.

Os cursos disponibilizados passam pelas áreas da Educação, Letras e Artes, Ciências Humanas, Ciências Médicas, Engenharia e Agricultura.

Notícia relevante: Inaugurada Universidade Católica Timorense

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!