iklan

INCLUSÃO SOCIAL, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

ADTL e partes interessadas discutem plano de ação dos direitos de pessoas com deficiência

ADTL e partes interessadas discutem plano de ação dos direitos de pessoas com deficiência

Pessoas com deficiência.

DÍLI, 30 de novembro de 2021 (TATOLI) – A Associação de Deficientes de Timor-Leste (ADTL) e as partes interessadas discutiram hoje o Plano de Ação Nacional de 2021-2030 para pessoas com deficiência.

Esta atividade decorreu no âmbito de um seminário sobre a promoção dos direitos das pessoas com deficiência, sob o tema “Assegurar a Política, Ação, Programa e Alocação do Orçamento Geral do Estado (OGE) no desenvolvimento dos assuntos sobre a deficiência”.

O evento teve como objetivo reunir as partes interessadas, sobretudo os ministérios da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), da Saúde, da Solidariedade Social e Inclusão (MSSI) e as secretarias de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE) e para a Comunicação Social (SECOMS) para discutirem a implementação do programa num período de dez anos.

“Discutimos sobre o plano de ação no futuro, nomeadamente como assegurar a política, a implementação e alocação do Orçamento Geral do Estado de 2022 para as pessoas com deficiência”, afirmou o Diretor-Executivo da ADTL, Cesário da Silva, no City 8, em Manleuana, Díli.

O dirigente acrescentou que o plano de ação da ADTL no futuro visa melhorar a proteção dos direitos das pessoas com deficiência e facilitar-lhes o acesso à educação e à saúde.

Também o Presidente da Comissão F do Parlamento Nacional (PN), Noé Ximenes “Buka Tuir”, disse que no orçamento de 2022 para o Plano de Ação Nacional de 2021-2030 para pessoas com deficiência, o PN propõe um envelope fiscal de 203 milhões de dólares americanos.

De acordo com os dados da ADTL, o país regista atualmente 38.118 pessoas com deficiência, das quais cerca de quatro mil são oriundas do Município de Ermera, três mil de Díli, Baucau e Viqueque.

Notícia relevante: Plano de Ação Nacional para pessoas com deficiência, aprovado no CM, visa garantir promoção dos seus direitos

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!