iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Rui Gomes informa Lú Olo sobre investimento e retorno do Fundo Petrolífero

Rui Gomes informa Lú Olo sobre investimento e retorno do Fundo Petrolífero

Ministro das Finanças, Rui Gomes.

DÍLI, 06 de agosto de 2021 (TATOLI) – O Ministro das Finanças (MF), Rui Gomes, informou hoje o Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, sobre a política de investimento do Fundo Petrolífero de Timor-Leste, a queda das receitas domésticas e o retorno de investimento.

Rui Gomes informou o Presidente da República sobre a política de investimento do Fundo do Petróleo denominada segmentação do fundo.

“Dividimos o fundo em duas partes, a carteira de liquidez – para garantimos, nos próximos três anos, a verba necessária para financiar o Orçamento Geral do Estado (OGE) – e a carteira de crescimento, o que significa que o dinheiro que não é retirado, será investido em ações e títulos para que o seu retorno garanta a liquidez necessária”, disse o governante após o término do encontro com Lú Olo, em Aitarak-Laran, Díli.

O ministro explicou que o Governo decidiu efetuar a segmentação do fundo, porque desde 2009 o levantamento tem sido superior ao rendimento sustentável estimado (RSE).

“Esta situação coloca o nosso fundo em grande risco, pois, enquanto a lei dita que devemos proceder ao levantamento de apenas 3%, levantámos 5%”, referiu.

O ministro recordou que, enquanto Timor-Leste continuar a fazer levantamentos do orçamento superiores ao RSE, o fundo poderá acabar nos próximos dez anos.

O ministro informou também o Chefe de Estado sobre a queda de receitas por causa do preço do fundo petrolífero e do volume de produção.

“O campo de Bayung Udan pode prolongar a produção mais dois ou três anos, mas esperamos obter apenas cerca  de 200 ou 300 milhões de dólares americanos. Enquanto não desenvolvermos o campo de Greater Sunrise, as nossas receitas serão apenas estas”, referiu.

O ministro adiantou ainda que o terceiro assunto abordado foi o retorno de investimento que o Estado ainda está a implementar.

“O seu retorno é muito menos do que esperávamos, porque não conseguimos controlar a volatilidade ou oscilação do mercado financeiro. O nosso dinheiro está investido no estrangeiro em diversas áreas”, concluiu.

Notícia relevante: Fundo Petrolífero timorense sobe para 19,49 mil milhões de dólares

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!