iklan

EDUCAÇÃO, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Resultado concurso público para construção Biblioteca Nacional adiado devido a covid-19

Resultado concurso público para construção Biblioteca Nacional adiado devido a covid-19

Diretor-Geral da Secretaria de Estado da Arte e Cultura (SEAC), Manuel Smith. Imagem Tatoli/Franscisco Sony.

DÍLI, 14 de junho de 2021 (TATOLI) – O Diretor-Geral da Secretaria de Estado da Arte e Cultura (SEAC), Manuel Smith, disse que a empresa Eni decidiu adiar o anúncio do resultado do concurso público para a construção da Biblioteca Nacional devido à covid-19.

O Diretor-Geral da SEAC, Manuel Smith, declarou que a empresa italiana Eni começou, em 2021, o processo do concurso público na Austrália.

“Já concluímos. Temos três vencedores. Falta ainda anunciar o seu resultado por causa do aumento do número de casos da covid-19”, afirmou o dirigente, na Praia dos Coqueiros, em Díli.

O responsável lembrou também que a Eni deveria anunciar, no mês de março, o resultado dos vencedores do concurso em causa, salientando que a construção durará 23 meses.

O diretor recordou ainda que o processo da construção desta biblioteca é um dos programas prioritários do Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESSC).

“Já discutimos o projeto com a ANPM [Autoridade Nacional do Petróleo e Minerais], porque esta autoridade tem toda a responsabilidade pelos recursos necessários, sobretudo o financeiro”, afirmou.

Manuel Ximenes Smith relembrou ainda que o Governo já finalizou as fundações e drenagem do local de construção da Biblioteca Nacional.

Recorde-se que o lançamento da primeira pedra da construção da Biblioteca Nacional de Timor-Leste decorreu no dia 16 de agosto de 2017. O evento foi organizado pelo Ministério do Turismo, Arte e Cultura, no Sexto Governo Constitucional, e pela ANPM.

A empresa Eni assumiu o seu compromisso de conteúdo local de 10 milhões dólares americanos para o projeto. A gestão é operacionalizada com base num modelo e construção físicos e de acordo com o regulamento.  A formação técnica e a aquisição de materiais para a biblioteca serão executados com todos os respetivos investidores, sendo o principal proprietário do projeto a SEAC que o gere de forma a assegurar a contribuição do Governo de um milhão de dólares, de modo a cobrir os custos dos trabalhos do projeto no local.

O Ministério da Justiça (MJ) atribuiu já um terreno com 27 mil metros quadrados para esta construção no Bairro Pité.

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora 

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!