iklan

ECONOMIA, NOTÍCIAS DE HOJE

SEA coordena-se com Alfândega para proibir importação de sacos de plástico de uso único

SEA coordena-se com Alfândega para proibir importação de sacos de plástico de uso único

Secretário de Estado do Ambiente, Demétrio do Amaral de Carvalho. Imagem da Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 05 de janeiro de 2021 (TATOLI) – A Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) coopera com a Autoridade Aduaneira (AA) com vista à proibição da importação de sacos de plástico de uso único.

O Secretário de Estado do Ambiente, Demétrio do Amaral de Carvalho, disse que a SEA está a implementar duas estratégias para pôr fim à circulação do plástico de uso único –  eliminar totalmente alguns tipos de plástico e, por outro lado, reduzir outros de forma gradual.

“Adotámos estas duas estratégias através da cooperação com a Autoridade Aduaneira [Alfândega] para que esta possa ter conhecimento sobre a proibição da importação de sacos de plásticos e de embalagens de uso único para refeições”, afirmou Demétrio Amaral, em Bebora, Díli.

De acordo com o Decreto-Lei n.º 37/2020 sobre a Alienação, Importação e Produção de Sacos, Embalagens e outros Objetos de Plástico, a SEA emitiu já uma diretiva às entidades comerciais, onde anuncia vários pontos essenciais para serem levados a cabo os mecanismos de substituição dos sacos de plástico de uso único até 23 de janeiro de 2021.

Segundo o governante, os sacos de plástico de uso único importados depois de 23 de janeiro serão alvo de apreensão por parte das autoridades.

Notícia relevante: SEA adota duas estratégias para implementação da política do plástico zero

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!