iklan

EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

TL e UNICEF lançam primeira conferência sobre TIC e inovação no setor educativo

TL e UNICEF lançam primeira conferência sobre TIC e inovação  no setor educativo

Ministro da Educação, Juventude e Desporto, Armindo Maia. Imagem Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 26 de outubro de 2020 (TATOLI) – O Governo de Timor-Leste e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês) realizaram hoje a primeira conferência sobre as tecnologias de informação e comunicação (TIC) e inovação a serem adotadas no setor da educação em Timor-Leste.

A abertura da cerimónia, que decorreu no Centro de Convenções de Díli, foi levada a cabo pelo Ministro da Educação, Juventude e Desporto, Armindo Maia, e pela Representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês) em Timor-Leste, Valérie Taton.

“O objetivo da conferência é observar de novo o processo de ensino e aprendizagem depois de todas as escolas terem reaberto, após um período em que estiveram encerradas devido ao estado de emergência causado pela covid-19. O encerramento obrigou as escolas a adotarem o ensino a distância, recorrendo a um canal televisivo e outras plataformas virtuais”, disse Armindo Maia, aos jornalistas, em Díli.

O governante referiu ainda que, na conferência, terá lugar a reflexão sobre medidas que visam melhorar e desenvolver a educação no futuro juntamente com os vários parceiros de desenvolvimento nacionais e internacionais.

“Temos um grande potencial que são as tecnologias de informação e comunicação que nos vão auxiliar, promovendo uma educação de maior qualidade de modo a que todos os nossos filhos, sejam os que vivem na cidade sejam os que residem nas áreas rurais, tenham acesso a ela”, afirmou.

Segundo o governante, é necessário que o país tenha acesso a uma internet rápida e com preços mais acessíveis para que ninguém fique excluído.

Já a representante da UNICEF, Valérie Taton, afirmou que esta organização internacional mantém o apoio ao Ministério da Educação relativamente às TIC para dar um novo impulso ao setor educativo.

“A UNICEF apoia o setor da educação, agora apostando na inovação, como o ensino a distância aplicado durante a crise sanitária provocada pelo surto da covid-19. Para que a inovação seja posta em prática, é preciso criatividade e colaboração”, afirmou.

Valérie Taton afirmou ainda que as TIC e a inovação oferecem várias oportunidades às crianças nas escolas, incluindo a educação inclusiva e acessível a todas as crianças com deficiência.

Jornalista : Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!