iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, DEFESA, DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Timor-Leste comemora 45.º aniversário das FALINTIL

Timor-Leste comemora 45.º aniversário das FALINTIL

DÍLI, 20 de agosto de 2020 (TATOLI) – Timor-Leste comemorou hoje o 45.º aniversário das Forças Armadas de Libertação Nacional de Timor-Leste (Falintil).

O Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, disse, no seu discurso, que as comemorações das Falintil permitem recordar e refletir sobre o passado da luta dos ex-guerilheiros contra a ocupação indonésia, que, juntamente com o referendo a 30 de agosto de 1999, levaram à vitória nacional.

“A cerimónia de hoje é subordinada ao tema “Ha’u prontu no desididu atu serve interese povu no nasaun nian” [‘Eu estou pronto e decidido a servir o povo e a nação’]. O lema ajusta-se ao passado histórico das Falintil que, com resiliência e capacidade, nos souberam levar à libertação nacional”, sublinhou o Chefe de Estado, Lú Olo, no seu discurso, no âmbito das cerimónias que assinalam o 45.º aniversário das Falintil, em Díli.

Segundo o Presidente da República, o espírito vincado das Falintil deu inspiração e força ao povo maubere para alcançar o desenvolvimento e o bem-estar social.

Teki Timor, ex-guerilheiro, destacou, por sua vez, a importância das comemorações do Dia das Falintil no sentido de preservar a verdadeira história para as futuras gerações, dando-lhes a conhecer o sofrimento vivido pelos guerrilheiros.

Teki Timor reconheceu ainda a situação débil por que passam muitos dos veteranos de guerra, sugerindo ao Estado que lhes conceda mais apoio, proporcionando-lhes “uma vida digna”.

“Apesar de alguma apreensão, devemos ser pacientes porque chegará o dia em que atingiremos os objetivos”, referiu.

O ex-guerilheiro fez ainda um apelo ao Governo para que fossem garantidos os cuidados médicos aos veteranos.

O veterano apelou ainda para que população timorense reflita sobre a situação atual vivida no país, recordando que a independência de Timor-Leste não constituiu uma simples oferta, mas foi antes fruto de um longo processo de luta armada contra os invasores. Sugeriu, por isso, aos políticos que “se deixassem de egoísmo que só leva à destruição do interesse nacional”.

A cerimónia que assinalou o 45.º aniversário das Falintil, no Quartel-General das F-FDTL, em Fatuhada, contou com a participação, entre outros, de altos representantes da Austrália, militares, veteranos e diplomatas.

Jornalista : Zezito Silva

Editora : Maria Auxliadora

 

 

 

 

 

 

 

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!