iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

MOP pede a BAD recurso ao Fundo de Empréstimos para troço da estrada da rotunda de Comoro a Tíbar

MOP pede a BAD recurso ao Fundo de Empréstimos para troço da estrada da rotunda de Comoro a Tíbar

Ministro das Obras Públicas, Salvador Soares Pires. Imagem/TATOLI

DÍLI, 24 de maio de 2020 (TATOLI) – O Ministro das Obras Públicas, Salvador Pires, reuniu-se, em teleconferência, com Sunil Mitra, o Diretor Nacional do Banco Asiático para o Desenvolvimento (BAD) em Timor-Leste bem como com a equipa do BAD no Quartel-Geral de Manila, nas Filipinas, para pedir o recurso ao Fundo de Empréstimos para a construção do troço da estrada que liga a rotunda do Presidente Nicolau Lobato, em Comoro, ao cruzamento de Tíbar.

“O MOP pediu apoio ao BAD para recorrer ao saldo do Fundo de Empréstimo para os projetos, financiando, assim, estradas consideradas estratégicas para Timor-Leste, que permitem o acesso e o aumento de mobilidade de pessoas e de mercadorias, sobretudo a do Porto da Baía de Tíbar”, refere o comunicado a que Agência TATOLI teve acesso este domingo.

A construção do troço da via que liga a rotunda de Comoro a Tíbar fica a cargo da empresa internacional China Wuyi e está orçada em mais de 12 milhões de dólares.

Recorde-se também que a obra teve início a 28 de fevereiro de 2017 e deveria ter terminado em outubro de 2019, mas as dificuldades do país obrigaram a adiar a conclusão.

Salvador Pires referiu ainda que o BAD efetuará a análise de documentos enviados pelo Governo timorense e enviará peritos para analisarem e avaliarem a obra.

Segundo o ministro, apesar de a instituição financeira considerar que o projeto é de extrema importância, tem de adiar a avaliação do pedido do Executivo de Timor-Leste por causa da crise sanitária.

O governante garantiu, de igual modo, que a obra finalizará em agosto de 2021. Caso contrário, o Governo timorense terá de pagar uma multa avultada à empresa responsável.

O encontro contou com a participação dos diretores-gerais das Obras Públicas e das Finanças, Rui Hernâni e António Freitas, respetivamente.BAD 

Jornalista       : Florêncio Miranda Ximenes

Editora           : Julia Chatarina

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!